8:07

8:06

Chorar não tem problema.
Sentir falta muito menos.
Talvez uma das maiores e mais bonitas catarses que alguém já teve notícia foi o choro: o de felicidade, o de dor, o de emoção… aquele choro tímido que parece um rio perene até que se rompe em soluços e se transforma num oceano que daria medo a qualquer descobridor do século XVI. Choro não é fraqueza, muito menos atestado de incompetência; choro é uma prova viva de que alguém ainda está aí dentro de você. Se tem vontade, não precisa ter motivo. Querer chorar por si só demonstra que, às vezes, o mundo precisa de um pequeno tumulto pra retornar à calma. Chora, menina! Chora mesmo! Chora tudo o que tem pra chorar. Tira todo aquele peso que tá esmagando até o mais puro sentimento, joga fora, junto com ele, toda venda que possa te cegar de uma felicidade futura. Derrama as lágrimas que quiser, são suas por direito, assim como o direito de chorar também é seu; pessoal e intransferível. Deixa seu mar ficar de ressaca e derramar, gota a gota, toda a dor que não deveria lhe pertencer. 
Chora.
Mas depois de chorar, levanta a cabeça, segue em frente e lembra: você tá aqui pra ser feliz.

(PMTB)

7:53

7:23

7:23

7:23

7:22

8:52

8:52

6:46

3:10

3:10

Anonyme: Qual o nome da 2º música do player do seu tumblr?

Tá no aleatório, mas se for na ordem, nine in the afternoon

3:09

3:06

3:05

1 2 3 4 5 next »